ESPAÇO DEDICADO AO FADO E AOS AMANTES DO FADO SÁBADOS E DOMINGOS ENTRE AS 9 E AS 10 HORAS NA SESIMBRA FM 103.9 APRESENTAÇÃO DE ALBERTO SILVA Pode ouvir através da Internet www.radios.pt

13/12/2009

AQUI O FADO, FOI MAIS FADO, NA PETISQUEIRA II - NA AMORA COM A SIMPLICIDADE DA MARIANA VITÓRIA


Como tinhamos prometido á fadista e apresentadora de fado Mariana Vitória que um dia destes passariamos pela Petisqueira II já considerada a Casa de Fados mais "in" do Bairro Alto da Margem Sul - situada na Amora quase em frente ao velho estádio da Medideira, para gravar uma noite de fado, para darmos alguma visibilidade aqueles que ainda não tem trabalhos editados e não são ouvidos nas rádios e assim aconteceu.

Casa repleta para ouvir o fado, um elenco muito extenso, há cada vez mais pessoas a cantar o fado, uns mais velhos e outros mais jovens, estes serão a continuidade do fado e todos querem e gostam de cantar o fado.

O meu conceito de bons ou maus fadistas não existe, o fado é um estado de alma e cada um dos interpretes deram o melhor que tinham de dentro de si, em cada fado que nos cantaram, gostamos de ouvir todos (GENTE BONITA como referiu e bem a MARIANA VITÓRIA) pela forma de cantar e sentir o fado.

Penso e tenho a certeza que muitos fadistas veem ao fado como se tratasse de uma religião tal é o seu empenho de estar presente no lugar de culto, mesmo que isso tenha alguns custos. Foi isso que ontem sentimos naquele retiro Fadista.

Ao som da guitarra portuguesa tocada pelo António Laborinho e acompanhado na viola de fado pelo Fernando Rodrigues, desfilaram por aquele lugar de "CULTO" Manuel Rodrigues, Sergio Daniel, Carlos Gomes, Marino João, Carlos Pereira, Victor Miranda,Ricardo Aires, António Cruz, Julio Marques, Gaspar Felicio , Lenita, Edite Branco, Ana Sofia, Florinda Maria, Josefina Santos e Mariana Victória.
A pedido da Mariana Vitória demos a nossa colaboração (não somos poetas) com a récita de alguns poemas de nossa autoria. Dar relevo aos poetas tem sido para nós uma constante desde que começamos a nosssa participação na Sesimbra FM 103.9, é muito importante dar relevo a quem escreve, no fado não há só o interprete (esse é o mais visivel) mas existem outros elementos importantes, como os poetas , os músicos e o público, é nesta simbiose que o fado existe.

ESSA MULHER

Essa mulher
Foi mãe, foi pai
E hoje é avó
Merece respeito

Essa mulher
Que sofreu ao longo da vida
As arguras de um tempo
Merece respeito

Essa mulher
Que a não querem ver
Foi a luz que os iluminou
Merece respeito

Essa mulher
Tem o direito a errar
Quem somos nós para a julgar
Merece respeito

Essa mulher
Com o coração e alma ferida
Ainda sabe perdoar
Merece respeito

Respeito
Palavra digna de gente de bem
Não importa quem ganha
Não há vencedores, nem heróis
Em tudo isto há uma mulher
Merece respeito

Autor: Alberto Silva - 2008 (Feito para o dia internacional da Mulher)

2 comentários:

Francisco Vieira disse...

Boa noite! Passei a agradecer a visita ao meu blog e acabei por me registar aqui. Gostei do seu espaco e pretendo voltar. Abraco
Francisco

Jorge disse...

Não sou propriamente um aficionado do Fado... (embora a aprecie, e muito, a "canção coimbrã", vulgo Fado de Coimbra). No entanto, entendo que este pode e deve ser um espaço de encontro de entusiastas deste género musical e de difusão de iniciativas no âmbito do Fado. Está de parabéns o amigo Alberto Silva por divulgar algumas dessas iniciativas neste blogue. Seguramente os fadistas amadores agradecem, como poetas, músicos e aficionados.